Sedeada no coração da Europa, a Zentiva atua em 50 mercados e serve uma população de mais de mil milhões de pessoas.

Século XV

As origens da Zentiva remontam a uma das mais antigas farmácias em Boémia.

As origens da Zentiva começam com a criação da farmácia Águia Negra, ou “U cerného [sic: černého] orla”, no século XV, em Praga. É uma das mais antigas farmácias da República Checa.

Farmácia Águia Negra ou “U cerneho [sic: černého] orla” ]
Farmácia Águia Negra ou “U cerneho [sic: černého] orla” ]
 

1857

A farmácia Águia Negra é comprada pela família Fragner.

A farmácia foi adquirida por Benjamin Fragner e o filho Karel, que construíram uma fábrica farmacêutica nos arredores de Praga. É nesse local que viriam a ser construídas as atuais instalações de produção bem como a sede da Zentiva.

Benjamin Fragner
Benjamin Fragner
 

1930

A primeira produção de medicamentos da empresa em Praga.

] A produção começa numa fábrica situada numa aldeia chamada Dolní Mecholupy [sic: Měcholupy], que ficou judiciosamente a ser conhecida como a “Fábrica Benjamin Fragner”.

A primeira produção de medicamentos da empresa em Praga
A primeira produção de medicamentos da empresa em Praga
 

Segunda Guerra Mundial

A fábrica torna-se um santuário.

Após o encerramento de universidades checas no culminar da Segunda Guerra Mundial, a fábrica transforma-se, graças aos esforços do seu proprietário, num santuário para inúmeros peritos proeminentes que viriam a contribuir fortemente para a investigação farmacêutica e farmacológica.

A fábrica torna-se um santuário
A fábrica torna-se um santuário
 

1946

A Zentiva é nacionalizada.

O Governo nacionaliza a Zentiva e a fábrica em Dolní Mecholupy [sic: Měcholupy] passa a integrar a SPOFA (United Pharmaceutical Works), que liderava na altura a produção farmacêutica na Checoslováquia. A empresa tinha 750 colaboradores. 

Fábrica da Zentiva em Dolni Mecholupy [sic: Měcholupy]
Fábrica da Zentiva em Dolni Mecholupy [sic: Měcholupy]
 

1993

Nascimento da Leciva, predecessora da Zentiva.

A Zentiva recebe o primeiro certificado de práticas de fabricação regido pelas normas da OMS para a produção de antibióticos. A Zentiva é a primeira fabricante na República Checa a receber esta certificação.

Os anos 70 e 80

Expansão, alterações e melhorias.

O programa de expansão foi concluído em 1979 e levou à construção de instalações de produção modernas equipadas com equipamento de ponta. A restruturação e expansão da fábrica resultaram num aumento considerável da produção.

 
 

1998

A direção compra a Zentiva. A empresa começa a focar-se em medicamentos genéricos de marca.

A direção da Zentiva adquire em conjunto com o Warburg Pincus Funds, um grupo privado, a participação maioritária na empresa. Esta aquisição dá origem a uma nova fase no desenvolvimento da empresa que passa a adotar uma estratégia baseada em medicamentos genéricos de marca. São feitos investimentos em novas instalações, bem como em investigação e desenvolvimento, e a empresa introduz um portefólio composto por medicamentos genéricos modernos e de marca.

2000

Implementação de novos processos e estruturas de negócio.

A empresa retira-se da Bolsa de Praga (Burza cennych papiru Praha).

 
 

2003

Aquisição da Slovakofarma e lançamento da marca corporativa Zentiva.

A Zentiva começa a sua expansão na Europa Central e de Leste (Rússia e Polónia) e compra a Slovakofarma, a empresa farmacêutica líder na Eslováquia. A marca Zentiva é agora vendida na Europa, na Rússia, na Turquia, em África e no Médio Oriente.

Aquisição da Slovakofarma e lançamento da marca corporativa Zentiva
Aquisição da Slovakofarma e lançamento da marca corporativa Zentiva
 

2004

A Zentiva entra na Bolsa de Praga e de Londres.

A Zentiva torna-se a primeira empresa a recorrer a uma oferta pública inicial (initial public offering, IPO) na Bolsa de Praga.

A Zentiva entra na Bolsa de Praga e de Londres
A Zentiva entra na Bolsa de Praga e de Londres
 

2005

A Zentiva continua a sua expansão regional na Roménia. 

A Zentiva adquire a Sicomed, a principal produtora de medicamentos genéricos na Roménia.

2006

A Sanofi torna-se a principal acionista da Zentiva.

A Sanofi adquire participação de 24,9% na Zentiva, tornando-se a principal acionista. 

 
 

2009

Aquisição completa pela Sanofi.

A Sanofi adquire a Zentiva na sua totalidade, que passa a desempenhar um papel importante na estratégia da Sanofi enquanto prestadora de cuidados de saúde global diversificada focada nas necessidades dos doentes.

2007

A Zentiva aumenta a sua presença geográfica na Turquia.

A Zentiva adquire a Eczacibasi Generic Pharmaceuticals, uma das empresas farmacêuticas líderes na Turquia.

 
 

2011

A Sanofi introduz a marca Zentiva na Europa Ocidental.

A marca Zentiva é lançada em França, em Itália, no Reino Unido, em Portugal e na Alemanha.

A Sanofi introduz a marca Zentiva na Europa Ocidental.
A Sanofi introduz a marca Zentiva na Europa Ocidental.
 

2012

Novidades no portefólio de produtos.

A equipa da Zentiva coordena o portefólio com novos processos regulamentares e de desenvolvimento de produtos.

Novidades no portefólio de produtos.
Novidades no portefólio de produtos.
 

2013

A marca Zentiva entra em novos mercados.

A Zentiva marca presença em novos mercados em África e no Médio Oriente.

A marca Zentiva entra em novos mercados.
A marca Zentiva entra em novos mercados.
 

Voltar ao topo

A Zentiva é a terceira* maior empresa de genéricos da Europa e a que apresenta um crescimento mais rápido.